Política

Acordo para AL-BA fortalece PSD para 2022

Na base, especula-se que Rui e Otto podem “mudar” de posição na urna em 2022. Rui ser candidato ao Senado e Otto ao governo

[Acordo para AL-BA fortalece PSD para 2022]
Foto : Divulgação / PSD

Por Alexandre Galvão no dia 04 de Dezembro de 2018 ⋅ 11:20

O acordo cunhado pelo governador Rui Costa (PT) para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), que será comandada por Nelson Leal (PP) neste dois próximos anos, coloca o PSD em posição de privilégio na disputa de 2022. 

O acerto estabeleceu que o deputado Adolfo Menezes (PSD) assume a próxima gestão presidencial após o primeiro biênio, sendo assim, ele será o comandante do Legislativo enquanto as tratativas para a sucessão de Rui estiverem a todo vapor.

Com isso, o PSD vai chegar na mesa de negociação com quase o mesmo poder que teve na colocação do nome de Coronel para a disputa majoritária: força política no interior, presidência da AL-BA e um senador eleito.  

Na base, especula-se que Rui e Otto podem “mudar” de posição na urna em 2022. Rui ser candidato ao Senado e Otto ao governo.

Notícias relacionadas