Política

TSE aprova contas da campanha de Bolsonaro com ressalvas

Apesar das inconsistências encontradas pela área técnica, a corte concluiu que não houve prejuízo ao controle social das doações de fontes não permitidas

[TSE aprova contas da campanha de Bolsonaro com ressalvas]
Foto : Rafael Carvalho / Governo de Transição

Por Daniel Brito no dia 05 de Dezembro de 2018 ⋅ 07:40

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou por unanimidade, na noite de ontem (5), com ressalvas as contas de campanha do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão (PRTB). 

Após a aprovação, Bolsonaro e Mourão finalmente poderão, na próxima segunda-feira (10), ser diplomados. O ato marca a última formalidade antes da posse, agendada para 1º de janeiro.

Em seu voto, o relator, ministro Luís Roberto Barroso, utilizou o parecer elaborado pela área técnica do TSE, que já havia sugerido a aprovação das contas com ressalvas, apesar de inconsistências encontradas, como o recebimento de doações de fontes não permitidas. 

Na avaliação do tribunal, não houve prejuízo ao controle social das doações, pois a plataforma usada para a arrecadação dos valores e a empresa subcontratada para o arranjo dos pagamentos foram previamente cadastradas.

Os ministros Jorge Mussi, Og Fernandes, Admar Gonzaga, Tarcísio Vieira, Edson Fachin e a presidente, Rosa Weber, também acompanharam o voto de Barroso.
 

Notícias relacionadas

[Evo Morales aceita asilo oferecido pelo México]
Política

Evo Morales aceita asilo oferecido pelo México

Por Metro1 no dia 11 de Novembro de 2019 ⋅ 19:29 em Política

O chanceler mexicano Marcelo Ebrard informou que o asilo foi concedido porque "sua vida e integridade correm riscos"