Política

Vilas-Boas desconversa sobre candidatura, mas diz que tem ‘sementes a plantar’

O secretário falou também de ações da pasta que comanda. De acordo com ele, um dos gargalos é o tratamento contra a leucemia

[Vilas-Boas desconversa sobre candidatura, mas diz que tem ‘sementes a plantar’]
Foto : Tácio Moreira /Metropress

Por Alexandre Galvão no dia 07 de Dezembro de 2018 ⋅ 09:35

Especulado para a prefeitura de Salvador em 2020, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas desconversou sobre uma possível candidato ao Palácio Thomé de Souza. “Minha pretensão é continuar servindo ao governador Rui Costa. Sou um soldado escalado para a missão, mas temos várias sementes a serem plantadas”, afirmou, durante entrevista à Rádio Metrópole

Em entrevista a José Eduardo, ele disse ainda que nunca tratou o assunto com profundidade, pois o tema “não é levado a sério”. “Esse assunto nunca foi trato de forma séria. As pessoas citam, quando for levado de forma consistente, vamos fazer uma reflexão. É um projeto de vida que pode ser modificado”, indicou. 

O secretário falou também de ações da pasta que comanda. De acordo com ele, um dos gargalos é o tratamento contra a leucemia. A regulação, sempre muito criticada, tem melhorado, de acordo com Fábio Vilas-Boas. “O tempo médio de espera de um leito é de 3 dias. Já chegou a ser 7 dias”, relembrou. 

Para ele, a prefeitura de Salvador acertou em construir o Hospital Municipal, mas precisava ofertar serviços de maternidade na unidade. “O Hospital Municipal ajudou, claro. Foi muito bem vindo. Agora poderia ter ajudado mais se tivesse incluído maternidade no seu projeto”.

Notícias relacionadas