Política

Ministros admitem negociação com militares para reforma da Previdência

A mudança no tom das conversas acontece após as declarações de fontes econômicas de que a categoria precisa dar o exemplo na Previdência

[Ministros admitem negociação com militares para reforma da Previdência]
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Clara Rellstab no dia 11 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:00

Ministros do governo Jair Bolsonaro (PSL) já admitem a necessidade de negociação para discutir alguma contribuição da categoria militar na reforma da Previdência.

Segundo o blog de Andréia Sadi, no site G1, um dos mais próximos auxiliares do presidente afirmou que há "um consenso" de que a categoria dos militares é diferente, mas que "algumas coisas serão negociadas".

A mudança no tom das conversas acontece após as declarações de fontes econômicas de que a categoria precisa dar o exemplo na Previdência.

A publicação que, no entanto, os representantes das Forças Armadas resistem a mudanças na aposentadoria.

Notícias relacionadas