Política

Bebeto diz que PSB não tem 'pressa' para definir cargos no segundo escalão

Ele declarou que o partido já se sente contemplado com dois partidos, a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap)

[Bebeto diz que PSB não tem 'pressa' para definir cargos no segundo escalão]
Foto : Alexandre Galvão/Metropress

Por Matheus Simoni e Alexandre Galvão no dia 15 de Abril de 2019 ⋅ 09:58

Suplente do senador Jaques Wagner (PT), o ex-deputado federal Bebeto Galvão (PSB) afirmou que a legenda não tem pressa para definir os nomes do segundo escalão do governo de Rui Costa (PT). Em entrevista ao Metro1 hoje (15), durante evento do governo em Morro de Chapéu, na Chapada Diamantina, ele declarou que o partido já se sente contemplado com dois partidos, a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

"Os demais espaços têm sido objeto de diálogo de nossa líder de partido Lídice da Matta com o governador. Claro que, com uma coalizão grande como a nossa, os ajustes demandam tempo e são feitos de modo racional, como o governador tem feito. O PSB é um partido da base e que tem contribuído decisivamente", afirmou o ex-parlamentar, que não se esquivou sobre um desejo do partido em receber o comando da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM).

"Espera-se que a FLEM, que havia sido posta, como uma possibilidade. É um desejo do partido, mas ficaria para o secretário Rodrigo Hita. O que achamos é que é o tempo do governador. Agora é aguardar os cargos que estão em momento de discussão. Não estamos com pressa desenfreada como se estivesse trocando o governo", declarou Galvão.

Notícias relacionadas