Política

Maia diz que não fará indicação para Cidades e que governo deve achar um nome

Presidente da Câmara argumentou que, se fizesse a indicação, o governo pode acusá-lo de querer o "toma lá, dá cá"

[Maia diz que não fará indicação para Cidades e que governo deve achar um nome]
Foto : Wilson Dias/ Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 13 de Maio de 2019 ⋅ 11:20

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), que não vai indicar um nome para comandar o ministério das Cidades, que será recriado. 

A conversa ocorreu em meio ao mal-estar entre o governo e o Congresso, causado pela votação da reforma administrativa. 

Até então, em um aceno à Câmara, o governo negociava uma indicação de Maia e de deputados para a futura pasta. 

Na conversa com o chefe da Casa Civil, Maia argumentou que, se fizesse a indicação, o governo pode acusá-lo de querer o "toma lá, dá cá".

"Não vou indicar Baldy nem ninguém. O governo que procure outro nome. Vocês pedem para a gente indicar, depois ficam falando que é 'toma lá, dá cá'. Nunca tive cargo no governo de Temer e não preciso ter. Importante é achar alguém que coloque a política de investimentos para funcionar", declarou, de acordo com o G1. 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro tira Joice Hasselmann de liderança do governo ]
Política

Bolsonaro tira Joice Hasselmann de liderança do governo 

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Outubro de 2019 ⋅ 14:15 em Política

Joice foi escolhida líder do governo em fevereiro, pela indicação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP)