Política

Mulher de Luiz Argolo ganha cargo na prefeitura de Salvador 

Grisi foi acusada de ser funcionária fantasma da Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri) em 2017

[Mulher de Luiz Argolo ganha cargo na prefeitura de Salvador ]
Foto : André Carvalho / Alô Alô Bahia

Por Alexandre Galvão no dia 13 de Maio de 2019 ⋅ 09:40

Mulher do ex-deputado Luiz Argolo, preso por conta das investigações da Lava Jato, Emilie Grisi Nunes foi nomeada para Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), conforme publicação no Diário Oficial do Município (DOM) de hoje (13). Na gestão de ACM Neto (DEM), Emillie Nunes ganhou cargo de assessora especial da pasta.

Grisi foi acusada de ser funcionária fantasma da Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri) em 2017. 

Argolo foi um dos primeiros políticos a ser alcançado pela Lava Jato. Ele deixou a penitenciária Lemos de Brito, em Salvador, no mês passado, após decisão do juiz Almir Pereira de Jesus, da 2ª Vara de Execuções Penais da capital baiana (relembre aqui). O baiano estava preso desde 2015. Ele foi condenado a 12 anos e oito meses de detenção por desviar dinheiro da Petrobras.

Notícias relacionadas