Política

Reunião no gabinete de Bolsonaro foi gravada clandestinamente

Responsabilidade é do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, do ministro Augusto Heleno

[Reunião no gabinete de Bolsonaro foi gravada clandestinamente]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Matheus Simoni no dia 12 de Julho de 2019 ⋅ 10:25

Uma falha de segurança foi identificada durante uma reunião de Jair Bolsonaro no gabinete presidencial com ministros do governo e empresários. Um dos convidados teria gravado a reunião, segundo informações da revista Veja, através da coluna Radar. A responsabilidade é do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, do ministro Augusto Heleno. 

Nos áudios, segundo a coluna, há frases constrangedoras de auxiliares de Bolsonaro, mas não do presidente. O caso chegou a ocorrer outras vezes durante o governo de Michel Temer. O então presidente foi gravado pelo então ministro do Turismo, Marcelo Calero, no episódio que resultou na demissão de Geddel Vieira Lima, e na famosa conversa do subsolo do Jaburu, de Temer com Joesley Batista.

Publicamente, o filho do presidente Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) fez críticas ao comando de Heleno na pasta. O ministro rebateu e disse que o filho do presidente estava “extremamente traumatizado” com o fato de o pai ter sido atingido por atentado a faca. Em postagem no Twitter, o vereador disse que seu trauma é pelo que pode ocorrer.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro assina desfiliação do PSL]
Política

Bolsonaro assina desfiliação do PSL

Por Kamille Martinho no dia 19 de Novembro de 2019 ⋅ 18:21 em Política

Informação foi confirmada pelos advogados do presidente, Karina Kufa e Admar Gonzaga

[Flávio Bolsonaro pede desfiliação do PSL]
Política

Flávio Bolsonaro pede desfiliação do PSL

Por Lara Curcino no dia 19 de Novembro de 2019 ⋅ 14:41 em Política

O senador já havia anunciado que deixaria a legenda para se aliar a partido que o pai quer criar