Política

Vaza Jato: Dallagnol propôs pagar comercial na Globo com verba da Vara de Curitiba

Novos diálogos foram divulgados pelo site The Intercept Brasil com o blog do Reinaldo Azevedo

[Vaza Jato: Dallagnol propôs pagar comercial na Globo com verba da Vara de Curitiba]
Foto : Renova Midia

Por Catarina Lopes no dia 15 de Julho de 2019 ⋅ 19:32

Novos diálogos entre o então juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol foram divulgados hoje (15) em parceria do site The Intercept Brasil com o blog do Reinaldo Azevedo. Neles, o procurador pede recursos da 13ª Vara Federal de Curitiba para fazer um vídeo publicitário que custaria R$ 38 mil.

Em 16 de janeiro de 2016, Dallagnol manda uma mensagem ao então juiz Moro.

13:32:56 Deltan – Vc acha que seria possível a destinação de valores da Vara, daqueles mais antigos, se estiverem disponíveis, para um vídeo contra a corrupção, pelas 10 medidas, que será veiculado na globo?? A produtora está cobrando apenas custos de terceiros, o que daria uns 38 mil. Se achar ruim em algum aspecto, há alternativas que estamos avaliando, como crowdfunding e cotização entre as pessoas envolvidas na campanha.
13:32:56: Deltan – Segue o roteiro e o orçamento, caso queria [buscou escrever "queira"] olhar. O roteiro sofrerá alguma alteração ainda
13:32:56: Deltan – Avalie de modo absolutamente livre e se achar que pode de qq modo arranhar a imagem da LJ de alguma forma, nem nós queremos
13:35:00: Deltan – pdf
13:35:28: Deltan – pdf

No dia seguinte, 17 de janeiro de 2019, Moro responde.

10:20:56 Moro – Se for so uns 38 mil achi [quis escrever "acho"] que é possível. Deixe ver na terça e te respondo.

Na conversa em que Dallagnol pede a Sergio Moro dinheiro para finalizar a produção de uma peça publicitária que seria veiculada pela Globo, há o envio de dois PDFs.

Um deles é esse que se vê no alto: trata-se do orçamento enviado pela produtora e do roteiro do filmete, cuja imagem segue abaixo. Transcreve-se o texto na sequência.

Roteiro 30″
"Engravatado"

Cena de madrugada, numa casa de família de classe média. O silêncio deixa claro que a família está dormindo. O trinco da porta da cozinha se mexe e um homem de terno e gravata entra na casa.

Ele mexe na geladeira e começa a jogar fora toda a comida da família. Ouvimos a locução em off:
– A corrupção atinge a sua vida de tantas formas que você nem percebe,

Se dirige ao banheiro e pega vários frascos de remédios, jogando-os fora também. Corta para imagem do casal, que dorme sem perceber nada.
– desviando recursos que deveriam ir para a saúde,

O homem entra no quarto das crianças, que dormem quietas. Ele pega os livros nas mochilas delas e rabisca todos eles, rasgando as páginas também.
– para a educação

Ele segue para o quarto do casal, que continua dormindo. Antes de entrar, engatilha um revolver.
– ou para a segurança.

O homem entra, a porta do quarto se fecha e a tela fica escura.
– É hora de acordar.

Na tela preta entra o lettering: 10 Medidas Contra a Corrupção.
– Ajude a campanha 10 Medidas Contra a Corrupção a virar lei.

Telas de assinatura com logo e site: www.combateacorrupcao.mpf.mp.br/10-medidas
– Acesse o site, conheça as medidas e assine o projeto que pode acabar com a corrupção no país.

Fica apenas a marca do projeto:
– Não desista do Brasil.

 

 

Notícias relacionadas