Política

Governador do Maranhão avalia denunciar Bolsonaro por racismo

Presidente usou termo pejorativo e disse que Flávio Dino é o pior governador do nordeste

[Governador do Maranhão avalia denunciar Bolsonaro por racismo]
Foto : Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Adelia Felix no dia 20 de Julho de 2019 ⋅ 16:31

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), avalia ir à Procuradoria-Geral da República contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL)) pelo crime de racismo. As informações são da revista Época.

Durante o café da manhã com jornalistas, nesta sexta-feira (19), Bolsonaro criticou Dino e se referiu aos estados da região Nordeste pelo termo "Paraíba", termo considerado pejorativo para se referir a nordestinos fora da região, especialmente no Rio de Janeiro, estado de Bolsonaro.

“É uma declaração criminosa. Configura um crime, previsto na lei que trata de racismo. Ele não pode falar assim. O presidente da República, ao dizer algo desse tipo, está praticando e incentivando que outros pratiquem o crime de racismo. Se ele não se explicar, vamos tomar providências junto à PGR [Procuradoria Geral da República] para apurar a atitude dele”, disse o governador à revista.
 

Notícias relacionadas