Política

Bolsonaro anuncia corte de 43% do fundo do audiovisual

Valor previsto para 2020 é o menor para o Fundo Setorial do Audiovisual desde 2012

[Bolsonaro anuncia corte de 43% do fundo do audiovisual]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 11 de Setembro de 2019 ⋅ 15:02

O presidente Jair Bolsonaro continua seus ataques contra a Agência Nacional do Cinema, agora com o projeto de lei apresentado ao Poder Legislativo que prevê um corte de quase 43% do orçamento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), para R$ 415,3 milhões. É o menor valor para o fundo desde 2012, quando recebeu R$ 112,36 milhões.

Para o ano que vem, também houve redução nos chamados investimentos retornáveis ao setor audiovisual por meio de participação em empresas e projetos, em que a agência busca retorno financeiro. Esse orçamento passa de R$ 650 milhões para R$ 300 milhões. Também haverá menor apoio a projetos audiovisuais específicos, com R$ 2,5 bilhões destinados à ação, quando R$ 3,5 bilhões foram para este orçamento em 2019.

Notícias relacionadas