Política

PF aponta desvios de mais de R$ 1 mi em Memorial da Anistia criticado por Damares

Recurso foi desviado de bolsas acadêmicas e aplicado em ações que fogem do escopo do projeto do memorial

[PF aponta desvios de mais de R$ 1 mi em Memorial da Anistia criticado por Damares]
Foto : Willian Meira/MMFDH/Divulgação

Por Adelia Felix no dia 14 de Setembro de 2019 ⋅ 09:40

A Polícia Federal (PF) diz ter um “robusto conjunto probatório” de falta de planejamento, má gestão de recursos públicos e repasses irregulares em bolsas relacionadas ao Memorial da Anistia Política do Brasil, que seria instalado em Belo Horizonte e foi alvo de críticas da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

As investigações concluídas nesta semana focam na elaboração da exposição de longa duração do memorial —um contrato entre UFMG e Fundep. A PF estima que mais de R$ 1 milhão foi desviado de bolsas acadêmicas e aplicado em ações que fogem do escopo do projeto do memorial. 

A Operação Esperança Equilibrista investiga desde 2017 irregularidades no projeto financiado pelo Ministério da Justiça e executado pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). A conclusão de parte do inquérito foi entregue na última quarta-feira (11) à Justiça Federal. 

Foram indiciadas 11 pessoas por crimes de associação criminosa, uso de documentos falsos, desvio de verba pública, concussão, estelionato e prevaricação, com base em documentos recolhidos em busca e apreensão, interceptações telefônicas, análise de movimentações bancárias e depoimentos.

À reportagem a UFMG disse que a execução do projeto seguiu “de forma estrita regras, cronograma de execução financeira e critérios de avaliação estabelecidos pelo Ministério da Justiça”. Já o Ministério informou que “seria no mínimo inconsequente dar continuidade à obra sem a apuração das responsabilidades, dadas as suspeitas que recaem sobre a principal entidade convenente”. 

Notícias relacionadas

[Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA]
Política

Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA

Por Juliana Almirante no dia 23 de Outubro de 2019 ⋅ 07:40 em Política

No entanto, o terceiro filho do presidente negou que a conquista da liderança do PSL na Câmara Federal tenha sido o fator determinante para a decisão