Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Salles sai antes do fim de audiência pública sobre combate ao óleo

Ministro culpou governos anteriores e cobertura da imprensa por parte do desastre e riu durante discursos da oposição

[Salles sai antes do fim de audiência pública sobre combate ao óleo]
Foto : Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Por Catarina Lopes no dia 06 de Novembro de 2019 ⋅ 19:53

A audiência pública na Câmara dos Deputados sobre o combate ao óleo no litoral do Nordeste se encerrou subitamente com a saída do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, antes do fim do encontro. Salles foi chamado para explicar o que o governo federal fez para combater o desastre ambiental que ocorre desde o fim de agosto.

O ministro culpou os governos anteriores por deixarem um "Estado quebrado" devido à sua "visão equivocada de mundo". "Grande parte dos problemas enfrentados sobre materiais ou dificuldades orçamentárias decorre de uma coisa: nós recebemos um Estado quebrado", declarou.

Ele também se queixou da cobertura da imprensa, declarando que foram distribuídos mais de 12 mil kits de emergência aos voluntários, mas a "turma", de acordo com ele, "filmava só o lado de lá para dar a narrativa de que o governo não chegou a tempo". Salles também riu durante o discurso de deputados da oposição, o que irritou os parlamentares.

Notícias relacionadas