Política

Neto fora do DEM? Léo Prates diz que "grupo" do prefeito é maior que o partido

O vice-líder do governo na Câmara, vereador Léo Prates (DEM), comentou a possível saída do prefeito ACM Neto do partido Democratas. Em entrevista ao Metro1, ele afirmou que ainda é cedo para falar, mas apontou possíveis partidos que podem contar com Neto para as próximas eleições. "Ele tem dois caminhos a escolher: permanecer no Democratas ou ir para outra agremiação. O PMDB é uma das possibilidades, assim como o PSB, principalmente se este se fundir com o PPS, que eu soube que não anda muito bem das pernas. Mas ainda é muito cedo para falar", afirmou. [Leia mais..]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Bocão News

Por Matheus Morais e Matheus Simoni no dia 09 de Junho de 2015 ⋅ 16:05

O vice-líder do governo na Câmara, vereador Léo Prates (DEM), comentou a possível saída do prefeito ACM Neto do partido Democratas. Em entrevista ao Metro1, ele afirmou que ainda é cedo para falar, mas apontou possíveis partidos que podem contar com Neto para as próximas eleições.

"Ele tem dois caminhos a escolher: permanecer no Democratas ou ir para outra agremiação. O PMDB é uma das possibilidades, assim como o PSB, principalmente se este se fundir com o PPS, que eu soube que não anda muito bem das pernas. Mas ainda é muito cedo para falar", afirmou.

Léo Prates falou também sobre as possíveis estratégias a serem adotadas por ACM Neto e disse que o grupo político do atual prefeito é maior que o próprio DEM. "Eu faço parte do grupo político do prefeito ACM Neto. Tenho anos e anos neste partido. Gosto de estar no Democratas, é um partido que nos acolheu. Mas temos um projeto que é capitaneado pelo próprio ACM Neto, que tornou-se maior do que o partido Democratas. [...] Eu sigo o grupo político do prefeito e sou grato a ele. Faço parte deste grupo e o sigo nos bons e maus momentos", declarou o vereador.

Notícias relacionadas

[MPE acusa frase 'Haddad é Lula' de confundir eleitor]
PolíticaELEIÇÕES 2018

MPE acusa frase 'Haddad é Lula' de confundir eleitor

Por Marina Hortélio no dia 20 de Setembro de 2018 ⋅ 18:24 em Política

Ministério Público Eleitoral solicitou a supressão da propaganda, aplicação de multa e ressarcimento aos cofres públicos