Política

Chico Alencar defende CPI mista para investigar denúncias da Fifa

O deputado federal Chico Alencar (PSOL) comentou, em entrevista à Rádio Metrópole nesta quarta-feira (10), o depoimento do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, à Comissão de Esporte da Câmara. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Gabriela Korossy/ Agência Câmara

Por Juliana Almirante no dia 10 de Junho de 2015 ⋅ 10:05

O deputado federal Chico Alencar (PSOL) comentou, em entrevista à Rádio Metrópole nesta quarta-feira (10), o depoimento do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, à Comissão de Esporte da Câmara. “Ele é uma pessoa de uma candura e inocência que a gente raramente vê”, ironizou. “Ele ficou durante cinco horas enfatizando que não tinha ideia de que Ricardo Teixeira tenha cometido irregularidades ”, disse.
 
Chico afirma que o presidente da CBF prometeu levar seu mandato até o fim.  ”As investigações prosseguem e suponho que o FBI seja competente e, se ele tiver rabo preso, vai aparecer logo”, avalia. Ele também defende que uma CPI mista seja aberta no Congresso para apurar o escândalo no futebol, que culminaram na prisão de dirigentes da Federação Internacional de Futebol (Fifa). “Já é providenciada. Já foi aprovada no Senado e estamos colhendo assinaturas para uma CPI mista para investigação”, declarou.

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment