Política

Após Teich alertar sobre cloroquina, Bolsonaro defende remédio e pede ministros 'afinados' com ele

Desde os primeiros dias após o país começar a registrar casos de covid-19, Bolsonaro alardeia a cloroquina como uma alternativa para o combate à doença

[Após Teich alertar sobre cloroquina, Bolsonaro defende remédio e pede ministros 'afinados' com ele]
Foto : Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 13 de Maio de 2020 ⋅ 14:20

O presidente Jair Bolsonaro fez uma defesa da cloroquina hoje (12), após o ministro da Saúde, Nelson Teich, ter alertado sobre riscos do remédio no tratamento da covid-19. Bolsonaro completou dizendo que os ministros de seu governo devem estar "afinados" com ele.

"Olha só, todos os ministros, eu já sei qual é a pergunta, têm que estar afinados comigo. Todos os ministros são indicações políticas minhas e quando eu converso com os ministros eu quero eficácia na ponta. Nesse caso, não é gostar ou não do ministro Teich, é o que está acontecendo", afirmou.

Desde os primeiros dias após o país começar a registrar casos de covid-19, Bolsonaro alardeia a cloroquina como uma alternativa para o combate à doença. O remédio é usado comumente para tratamento de malária. Ainda não há evidências científicas que apontem a eficácia em casos de infecções por coronavírus.

Notícias relacionadas