Política

Ministro fala em sigla unida: "Governo Dilma é 100% PT e o PT é 100% Dilma"

Na tarde desta quinta-feira (11), durante o 5º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), o Ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência Miguel Rossetto falou, em entrevista ao Metro1, sobre a importância do evento. Rossetto disse que o congresso é uma expressão democrática e um momento extraordinário de renovação do partido, que há alguns anos vem sendo alvo de denúncias de corrupção. “Este é um momento de aprendizado e de reflexão dos acertos e dos erros, de correção de rotas e de projeção de futuro. Um momento de pensarmos as novas agendas de futuro para um longo período de resonsabilidades que temos”, afirmou. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais e Paloma Andrade no dia 11 de Junho de 2015 ⋅ 19:10

Na tarde desta quinta-feira (11), durante o 5º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), o Ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência Miguel Rossetto falou, em entrevista ao Metro1, sobre a importância do evento. Rossetto disse que o congresso é uma expressão democrática e um momento extraordinário de renovação do partido, que há alguns anos vem sendo alvo de denúncias de corrupção. “Este é um momento de aprendizado e de reflexão dos acertos e dos erros, de correção de rotas e de projeção de futuro. Um momento de pensarmos as novas agendas de futuro para um longo período de resonsabilidades que temos”, afirmou.

O ministro ainda garantiu que a legenda vai atualizar a relação com o governo federal, e construir, nesses quatro anos, um programa de crescimento, distribuição de renda e igualdade. “O governo Dilma é 100% PT, o PT é 100% governo Dilma. Nós temos uma grande responsabilidade assumida junto ao povo brasileiro, que elegeu a nossa candidata. Para fazer um país mais igual e menos injusto. E é tudo que estamos comprometidos a fazer é exatamente isso”, concluiu Rossetto. 

Notícias relacionadas