Saúde

Secretário destaca redução de ocorrências nos postos: "Furdunço tivemos 51"

O Secretário Municipal de Saúde, José Antonio Rodrigues, falou, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (3), sobre a preparação das equipes que vão atender a população durante o carnaval deste ano. [Leia mais...]

[Secretário destaca redução de ocorrências nos postos:
Foto : Divulgação / Agecom

Por Paloma Andrade e Gabriel Nascimento no dia 03 de Fevereiro de 2016 ⋅ 09:59

O Secretário Municipal de Saúde, José Antonio Rodrigues, falou, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (3), sobre a preparação das equipes que vão atender a população durante o carnaval deste ano. “Estamos fazendo uma simulação de um acidente, uma explosão num determinado camarote e nosso esforço no sentido de garantir a assistência atender as pessoas nas nossas unidades fixas e garantir a segurança da população em um possível momento de desespero”. 

De acordo com o secretário, o atendimento nos postos varia de acordo com os horários. “Temos 1 posto a mais que é o posto do Nordeste de Amaralina. Os circuitos hoje tem uma atendimento equilibrado. A Barra no período diurno tem um movimento mais intenso e depois das 21, 22 horas o movimento se torna mais intenso no Campo Grande. No Pelourinho é mais tranquilo, a maior parte são casos clínicos e é importante que a gente valorize a equipe porque a gente consegue efetivamente resolver a situação das pessoas mesmo as de maiores riscos em nossa estrutura física sem a necessidade de encaminhar para hospitais”. 

José Antonio também falou sobre o número de ocorrências de saúde que, segundo ele, tem sido reduzido nos festejos da capital baiana. “Desde o Réveillon, tivemos poucas ocorrências. Ontem, em Iemanjá, tivemos 51 atendimentos, poucos traumas. O Fuzuê foi um espetáculo, apenas 4 chamadas em Salvador e no Furdunço tivemos 51 atendimentos, a maior parte atendimentos clínicos. Acho que foi muito positivo, acho que foi muito importante. 

Conforme anunciado pelo secretário, durante o carnaval vão estar em funcionamento 11 postos de saúde, 146 leitos, 1800 profissionais de saúde que atendem em plantão de 24h, sendo 250 médicos, além de 56 ambulâncias.

Comentarios

Notícias relacionadas