Saúde

Cresce o número de pessoas com gripe H1N1 no Brasil

Neste ano de 2016, já foram registrados no Brasil, alguns casos da gripe H1N1. Na Bahia foram constatados 10 casos e dois óbitos em virtude da doença. Em comparação ao mesmo período do ano passado, foi registrado apenas um caso. Em Santa Catarina e São Paulo também foram notificadas pessoas com H1N1. [Leia mais...]

[Cresce o número de pessoas com gripe H1N1 no Brasil]
Foto : Reprodução / Seropédica

Por Jessica Galvão no dia 30 de Março de 2016 ⋅ 15:44

Neste ano de 2016, já foram registrados no Brasil, alguns casos da gripe H1N1. Na Bahia foram constatados 10 casos e dois óbitos em virtude da doença. Em comparação ao mesmo período do ano passado, foi registrado apenas um caso. Em Santa Catarina e São Paulo também foram notificadas pessoas com H1N1. O alto índice na rede privada dos hospitais da capital paulista fez com que os centros médicos avaliassem uma possível epidemia. Um hospital da região oeste de São Paulo notificou 134 pessoas com a gripe.

Diante deste surto, o Ministério da Saúde vai permitir a antecipação da vacinação contra a doença já nesta semana. Ao contrário do que ocorria em outros anos, Estados interessados poderão começar a imunizar grupos considerados mais vulneráveis antes da campanha nacional, que terá início em 30 de abril. Em São Paulo, o primeiro lote está previsto para ser liberado já nesta sexta-feira (1).

Transmitido de pessoa para pessoa, através da tosse ou espirro, o H1N1 é tipo influenza A e provoca os mesmos sintomas que outros vírus da gripe. As principais queixas são dor de garganta, dor de cabeça, febre alta (acima de 39 graus), tosse seca, cansaço e dor no corpo. Podem ocorrer complicações como falta de ar e descompensação de doenças pre-existentes. Em alguns casos os sintomas do trato respiratório alto, como espirros e coriza, não estão presentes.

Notícias relacionadas