Saúde

Cirurgias gratuitas de reconstrução mamária serão realizadas na capital baiana

Cerca de 50 cirurgias gratuitas para reconstrução mamária serão realizadas em Salvador, entre os dias 24 a 29 de outubro. O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. A campanha Outubro Rosa, que começa neste mês, visa estimular a detecção precoce da doença e conscientizar a população. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ Lifesil

Por Camila Tíssia no dia 04 de Outubro de 2016 ⋅ 09:54

Cerca de 50 cirurgias gratuitas para reconstrução mamária serão realizadas em Salvador, entre os dias 24 a 29 de outubro. O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. Para estimular a detecção precoce da doença e conscientizar a população, começa, neste mês, a campanha Outubro Rosa. Na Bahia, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) – Regional Bahia vai liderar o mutirão e as inscrições são até este sábado (8).
 
De acordo com dados do Departamento de Informática do SUS (Datasus), desde 2008, mais de 63 mil mulheres fizeram cirurgia de remoção dos seios (mastectomia) para tratamento de câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS), no Brasil.

As cirurgias serão realizadas no Hospital São Rafael, Hospital das Clínicas, Hospital Santa Izabel e no Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais de Irmã Dulce e vão envolver cerca de 40 cirurgiões plásticos. Cada cirurgia dura entre 1h30 a 3 horas, e envolve uma equipe de quatro profissionais.

A presidente da SBCP - Regional Bahia, Cristina de Menezes, afirma que o objetivo é restabelecer a qualidade de vida das pacientes. "Estamos dando a nossa contribuição através de uma ação solidária idealizada pela Fundação IDEAH, entidade que integra a SBCP – Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, e mobilizando parceiros como a Eurosilicone, que vão fazer a doação das próteses".

As interessadas em participar do mutirão gratuito deverão enviar um e-mail para a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica no endereço: [email protected] até o dia 08 de outubro. É preciso informar nome, contato, idade, qual o tipo de mastectomia realizada, além do peso e altura. As pacientes passarão por uma triagem, seguida de avaliação clínica. Após esta seleção serão encaminhadas para os hospitais onde o procedimento será realizado.

Notícias relacionadas