Saúde

Casos de Caxumba em Salvador aumentam 2.500% em comparação ao ano passado

Os casos de caxumba em Salvador aumentaram quase 2.500% até a 40ª semana de 2016. Um levantamento realizado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o Sistema de Informação de Agravos e Notificação (Sinan) registrou 596 casos da doença em todo o estado da Bahia, sendo 540 apenas na capital. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tomaz Silva/ Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 27 de Outubro de 2016 ⋅ 17:45

Os casos de caxumba em Salvador aumentaram quase 2.500% até a 40ª semana de 2016. Um levantamento realizado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) mostrou que o Sistema de Informação de Agravos e Notificação (Sinan) registrou 596 casos da doença em todo o estado da Bahia, sendo 540 apenas na capital. No ano passado, foram registrados apenas 37 ocorrência no estado. Destes, 22 aconteceram em Salvador. 

O Sesab declarou ainda que Lauro de Freitas, Muniz Ferreira, Apuarema e Paulo Afonso também notificaram surtos de Caxumba ao Sinan, atingindo 65 pessoas. Foram registrados em salvador 16 surtos (três em unidades de empresa de telemarketing, 11 escolas, um em uma república de estudante e um em um hospital), além dos casos isolados. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os 117 postos básicos de saúde da rede municipal estão todos abastecidos com a vacina preventiva contra a caxumba. A injeção (tríplice e tetraviral) faz parte do calendário regular de crianças e deve ser aplicada em bebês em duas doses (aos 12 meses 15 meses). A vacina é indicada também para pessoas de até 49 anos que não foram imunizadas. Pessoas entre 2 e 19 anos também podem ser imunizadas, com um intervalo de 30 dias entre as duas doses.

Sintomas

A caxumba é uma doença provocada por um vírus da família paramyxovirus, que provoca inflamação nas glândulas responsáveis pela produção de saliva. Os seus principais sintomas são inchaço e dor nas laterais do pescoço, abaixo do maxilar.

Agravamento

O agravamento da caxumba pode gerar graves complicações como meningite viral – uma forma mais grave da infecção que atinge as membranas que envolvem o encéfalo (conjunto do tronco cerebral, cerebelo e cérebro). É possível também desenvolver uma orquite, que é a inflamação dos testículos, e ooforite, inflamação dos ovários.

Notícias relacionadas