Saúde

Centro de Oncologia do HEC comemora três anos com festa para pacientes

O setor trata de pessoas com diversas patologias, a exemplo das leucemias, linfomas, tumores do sistema nervoso central, tumores de partes moles, tumores hepáticos, tumores renais, entre outras. Para celebrar a data, a equipe da unidade vai realizar uma festa para os pacientes com o tema “O mundo fantástico do circo”. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Sesab

Por Camila Tíssia no dia 03 de Novembro de 2016 ⋅ 07:14

Neste sábado (5), o Centro de Oncologia Infantojuvenil (COI) do Hospital Estadual da Criança (HEC) / Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI) completa três anos de funcionamento, em Feira de Santana. O setor trata de pessoas com diversas patologias, a exemplo das leucemias, linfomas, tumores do sistema nervoso central, tumores de partes moles, tumores hepáticos, tumores renais, entre outras. Para celebrar a data, a equipe da unidade vai realizar uma festa para os pacientes com o tema “O mundo fantástico do circo”. 

Na programação, que será realizada na próxima quinta-feira (10), às 10 horas, terá animadores, mágicos, palhaços, músicas e brincadeiras para os pacientes internados e em tratamento no ambulatório da Oncologia.

O coordenador da unidade, Dr. Maurício Meira, afirma que apesar de coordenado pelos oncologistas, o tratamento do câncer pediátrico é multidisciplinar. “Contamos com a participação importante de todos os profissionais envolvidos, para aumentar cada vez a sobrevida das crianças com câncer”.

O Centro de Oncologia do HEC conta com apoio de outros dois grupos de suporte ao paciente com câncer, o GAAC (Grupo de Apoio à Criança com Câncer), em Salvador, e a AAPC (Associação de Apoio a Pessoas com Câncer), em Feira de Santana. 

“Eles também nos ajudam com o alojamento nos casos de pacientes do nosso serviço que necessitem realizar algum exame ou procedimento em Salvador. O apoio direto da AAPC (Associação de Apoio à Pessoa com Câncer), que é a casa de apoio local, aqui em Feira, fornece alojamento, alimentação e transporte para as crianças das outras cidades baianas que vem realizar tratamento conosco”, explica Dr. Maurício Meira. 

Notícias relacionadas