Saúde

Ministério da Saúde lança Plano Nacional de Combate à Tuberculose em março

Nesta segunda-feira (6), durante solenidade para comemorar os 80 anos da Fundação José Silveira, realizada no salão nobre da Faculdade de Medicina da Bahia, no Terreiro de Jesus, foram discutidas as metas de combate à tuberculose no país e a nível global. [Leia mais...]

[Ministério da Saúde lança Plano Nacional de Combate à Tuberculose em março]
Foto : Tacio Moreira/Metropress

Por Yasmin Garrido e Matheus Morais no dia 06 de Março de 2017 ⋅ 12:42

Nesta segunda-feira (6), durante solenidade para comemorar os 80 anos da Fundação José Silveira, realizada no salão nobre da Faculdade de Medicina da Bahia, no Terreiro de Jesus, foram discutidas as metas de combate à tuberculose no país e a nível global. No evento, o presidente da Rede Brasileira de Estudos da Tuberculose, Afrânio Lineu Kritsky destacou que o Brasil ocupa a 20ª posição mundial nos casos registrados da doença.

“Nossos problemas maiores são a tuberculose em portadores de HIV, tuberculose em multirresistente e tuberculose em populações vulneráveis, com uma taxa de cura baixa”, destacou Kritsky. O Brasil apressenta apenas 75% de cura dos casos registrados, mas, para Kritsky, o ideal seria 85%. O pesquisador também destacou que a situação do Brasil não é tão grave quanto a que se observa na Índia. No entanto, ainda está longe de ter um cenário de eliminação da tuberculose no país.

Afrânio Kritsky revelou que, no próximo dia 24 de março de 2017, “o Ministério da Saúde vai lançar o Plano Nacional de Eliminação da Tuberculose”. Esse plano consiste em três diretrizes básicas: “melhorar as ações de detecção, diagnóstico e tratamento da tuberculose nas várias regiões do país; incluir a proteção social, o que não existia inicialmente no mundo e vai ter o Brasil como pioneiro; e, por fim, incluir pesquisa no país, não só desenvolver medicamentos, testes e diagnósticos”, explicou.

Notícias relacionadas