Saúde

Marcada nova audiência para discutir futuro do Hospital Espanhol

Uma nova audiência com o foco na reconstrução do Hospital Espanhol, em Salvador, foi marcada para esta sexta-feira (7), às 10 horas, no Fórum Ruy Barbosa . O que motivou a determinação judicial foi o ato “Abraço ao Hospital Espanhol", realizado no último dia 1º de agosto. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia no dia 06 de Agosto de 2015 ⋅ 10:42

Uma nova audiência com o foco na reconstrução do Hospital Espanhol, em Salvador, foi marcada para esta sexta-feira (7), às 10 horas, no Fórum Ruy Barbosa . O que motivou a determinação judicial foi o ato “Abraço ao Hospital Espanhol", realizado no último dia 1º de agosto, realizado por um grupo de associados da instituição em frente à unidade, o Fórum Independente de Sócios, Amigos e Colaboradores do Hospital Espanhol (FISACHE). O grupo convoca associados, funcionários e amigos do hospital além da população soteropolitana para comparecerem no local.
 
Segundo a associação, mesmo com a audiência marcada com o objetivo de discutir o futuro da entidade, a diretoria atual recusa-se a participar. “São desculpas ilimitadas. A atual diretoria alega também que ‘nem todos os que pedem a assembléia são sócios do hospital", diz Rita Lorenzo, coordenadora do FISACHE.

De acordo com a Secretaria de Saúde do EStado da Bahia (Sesab), a audiência não está na agenda do secretário Fábio Vilas-Boas e ele não vai participar. A Sesab ainda afirma que, o secretário se reúne periodicamente com representantes da diretoria do Hospital Espanhol a fim de que a unidade seja reaberta o mais breve possível.

"Não há possibilidade de que o Estado da Bahia estadualize o hospital ou mesmo queira que o imóvel seja leiloado pela Justiça", afirma a assessoria. Atualmente, a unidade médica com mais de 250 leitas está de portas fechadas. A crise financeira já se arrasta há mais de dois anos e ainda não tem nova gestão.
 
Os sócios do FISACHE podem consultar o site do fórum e enviar as documentações solicitadas para que possam realizar qualquer tipo de contestação. 

Notícias relacionadas