Saúde

Camaçari: casos de micose aumentam quase 500%

Um aumento de 475% de casos de esporotricose em humanos, de 2015 a 2017 foi registrado na cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. [Leia mais...]

[Camaçari: casos de micose aumentam quase 500%]
Foto : Isabella Dib Gremião/ Agência Fapesp

Por Matheus Morais no dia 12 de Março de 2018 ⋅ 14:00

Um aumento de 475% de casos de esporotricose em humanos, de 2015 a 2017, foi registrado na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. A micose causada pelo fungo da espécie sporothrix SPP pode ser transmitida para pessoas e também para animais, em especial gatos.

Vinte e três casos da doença foram confirmados em 2017. A Secretaria de Saúde do Município entrou com um pedido de inclusão da enfermidade na lista de notificação obrigatória da rede pública, para que todos os casos suspeitos sejam registrados.

A infecção é transmitida pelo solo e por isso conhecida como “doença do jardineiro”. A mão ou pé com ferida pode ser porta de entrada para o fungo. No entanto, animais infectados, principalmente felinos, também podem ser transmissores para seres humanos por meio de contato direto com a pele lesionada do animal.

Comentarios

Notícias relacionadas