Saúde

Lubrificantes de maconha prometem orgasmos prolongados

A união entre a maconha e o lubrificante cria um produto que promete orgasmos mais intensos e prolongados. A confecção de derivados da erva é proibida no Brasil, apesar de existirem versões caseiras ilegais do lubrificante. [Leia mais...]

[Lubrificantes de maconha prometem orgasmos prolongados]
Foto : OpenRangeStock/ Thinkstock

Por Marina Hortélio no dia 13 de Março de 2018 ⋅ 18:02

A união entre a maconha e o lubrificante cria um produto que promete orgasmos mais intensos e prolongados. A confecção de derivados da erva é proibida no Brasil, apesar de existirem versões caseiras ilegais do gel íntimo.

O produto é feito à base de óleos de Cannabis e de coco e deve ser aplicado no clitóris e na vagina antes da masturbação ou do sexo.

Uma das versões brasileiras se chama "Xapa Xana" e é comercializado pelo Facebook. O lubrificante, que aguarda regulamentação, foi lançado em dezembro no Uruguai, onde mora a produtora, a brasileira Débora Mello.

O farmacêutico Paulo Orlandi, pesquisador da Unifesp, disse à Folha que, feito sem condições adequadas de higiene, o óleo pode provocar um desequilíbrio na microflora vaginal.

Comentarios

Notícias relacionadas