Saúde

No Dia do Médico, urologista critica 'mercantilização' da profissão 

Com mais de 40 anos de profissão, o especialista garante que mantém a mesma atenção aos pacientes

[No Dia do Médico, urologista critica 'mercantilização' da profissão ]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Alexandre Galvão no dia 18 de Outubro de 2018 ⋅ 08:30

Médico urologista, Walter Porto criticou a "mercantilização" da profissão. Hoje (18), comemora-se o Dia do Médico. 

"Ando um pouco triste. A mercantilização da medicina chegou ao topo. Boa parte dos médicos só se preocupa com o faturamento", afirmou, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole

Para Porto, a disseminação de escolas do curso contribui para esse quadro. "O médico tem sido esquecido. Nossa profissão é muito bonita, mas tem muito médico agora que não merecia ser médico. A avassaladora disseminação de escolas tem causado isso", apontou. 

Com mais de 40 anos de profissão, o especialista garante que mantém a mesma atenção aos pacientes. "Continuo fazendo o que faço desde quando comecei. O paciente é minha prioridade. O carinho que transfiro melhora muito eles. Não é igual a um mercado. Cuidamos de um produto muito importante: o ser humano".

Notícias relacionadas