Saúde

Clínica em Salvador aposta em novo procedimento para diminuir estrias

A intradermoterapia ou mesoterapia consiste na aplicação intradérmica ou subcutânea de ativos específicos escolhidos pelo biomédico esteta de acordo com o objetivo do tratamento

[Clínica em Salvador aposta em novo procedimento para diminuir estrias]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 02 de Setembro de 2019 ⋅ 07:00

O que parecia ser permanente e sem solução pode ter uma luz no fim do túnel. Chega a Salvador um novo método que ameniza em 80% o aspecto das estrias na pele: é a intradermoterapia ou mesoterapia. O procedimento é realizado na clínica Emagresee, em Ondina. 

De acordo com a biomédica esteta da Emagresee Ondina, Juliana Lo Bianco, as estrias são queixas comuns no consultório e atingem grande parte da população brasileira. “As estrias são lesões adquiridas e, como toda cicatriz, possui difícil tratamento. A melhora da aparência com diminuição da espessura/largura e coloração são alcançadas através de procedimentos específicos. Para o tratamento, a técnica da intradermoterapia é uma das mais eficazes. Consiste em aplicação de substâncias específicas na pele e que atuam sobre o metabolismo celular, estimulando a biossíntese das fibras de sustentação da pele”, explica.

Enzimas
As estrias são cicatrizes que se formam quando há destruição de fibras elásticas e colágenas na pele. Normalmente são causadas por um estiramento da pele, como gravidez, aumento de peso, tratamento prolongado com corticóides ou por fatores hormonais. Elas podem coçar e arder, mas em geral não apresentam sintomas.

A intradermoterapia ou mesoterapia consiste na aplicação intradérmica ou subcutânea de ativos específicos escolhidos pelo biomédico esteta de acordo com o objetivo do tratamento.

Notícias relacionadas