Saúde

Covid-19: Anvisa informa que problema com voluntário da vacina da Johnson ocorreu no exterior

Testes com imunobiológico estão suspensos enquanto caso é analisado

[Covid-19: Anvisa informa que problema com voluntário da vacina da Johnson ocorreu no exterior]
Foto : Pixabay

Por Juliana Rodrigues no dia 13 de Outubro de 2020 ⋅ 11:33

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi notificada hoje (13) sobre a suspensão dos testes da vacina contra o novo coronavírus, desenvolvida pela Janssen-Cilag, divisão farmacêutica da Johnson & Johnson. A informação é do jornal O Globo.

Segundo a agência, o "evento adverso" que ocorreu com um voluntário dos testes da vacina da empresa contra a Covid-19 se deu no exterior. A inclusão do primeiro voluntário no Brasil nos testes ocorreu em 9 de outubro.

A Johnson & Johnson informou à Anvisa que o estudo foi temporariamente interrompido "devido a um evento adverso grave ocorrido com um voluntário no exterior". Maiores detalhes sobre o estado de saúde do voluntário, no entanto, permanecem em sigilo.

Com a pausa, o sistema de inscrição online foi fechado para o ensaio clínico de 60 mil pacientes mundo afora, enquanto um comitê independente de segurança é convocado.

A vacina foi a quarta fórmula experimental a ter ensaios clínicos autorizados no Brasil pela Anvisa. A previsão era que o estudo tivesse a participação de 7 mil voluntários distribuídos por sete estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia e Rio Grande do Norte.

Notícias relacionadas