Vida Alheia

Famosos falam sobre impeachment de Dilma Rousseff nas redes sociais

Após o afastamento definitivo de Dilma Rousseff (PT) da Presidência da República por 61 votos a 20, muitos famosos falaram sobre o assunto, nas redes sociais, nesta quarta-feira (31), onde dividem opiniões. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Rui Menezes

Por Jessica Galvão no dia 31 de Agosto de 2016 ⋅ 14:15

Após o afastamento definitivo de Dilma Rousseff (PT) da Presidência da República por 61 votos a 20, muitos famosos falaram sobre o assunto, nas redes sociais, nesta quarta-feira (31), onde dividem opiniões.

Juliana Alves, atriz: "Viva a hipocrisia! Viva o oportunismo! Viva a injustiça. Viva a covardia. Viva a estupidez humana! Golpe".

Leandra Leal, atriz: "Estou extremamente triste e decepcionada com essa farsa. Feliz é aquele que acredita que isso foi justo, que isso não é um golpe. Fora Temer. Novas eleições. Reforma política".

Lobão, cantor: "Enfim excretados do poder depois de 13 anos tenebrosos. O Brasil está livre. Congratulações a todos os brasileiros que lutaram para isso".

Romário, senador: "Agora é hora de virar a página. Meu desejo é que as diferenças que surgiram nesses últimos meses sejam deixadas de lado".

Paulinha Braun, atriz: "Primeiro era a Dilma, agora cês vão tirar quem?"

Erick Krominski, ator: "Este ano vamos às urnas com a triste consciência de que o voto não vale tanto assim"

Clarice Falcão, cantora: "Quadrilha junina do 'Não vai ter golpe!' Eeeeeee 'É mentira!' Aaaahhh"

Pedro Nercessian, ator: "Enquanto houver saliva a cidade estará armada. Gritarei fora Temer"

Mel Lisboa, atriz: "Luto pela democracia"

Samantha Schmutz, atriz: "Rasguemos nosso título de eleitor pois ele já não serve mais pra nada. Fora Temer. Teve golpe e vai ter luta".

Humberto Carrão, ator: "Da morte apenas nascemos, imensamente... Vamos resistir! Às ruas!"

Carolina Kasting, atriz: "Brasil, um país inacreditável".

Cinara Leal, atriz: "A burguesia fede a burguesia quer ficar rica enquanto houver burguesia não vai haver poesia. Vergonha. A luta continua. Fora Temer".

Gisele Batista, atriz: "Não sou petista, o governo da Dilma foi uma lástima, mas temo pela democracia e por todos nós".

Veridiana Freitas, modelo: "Na nossa festa eles não dançam mais. E foram embora tarde".

Maria Gadu, cantora: "Luto. Luta. Democracia".

Thiago Rodrigues, ator: "Não teve golpe, a constituição foi respeitada como poucas vezes nesse país! Mas agora, é #foratemer sem bandeirolas da CUT nem do MST.  Sem cachê, sem sanduíche e sem balbúrdia! Agora o Brasil tem que pressionar o STF pra julgar Cunha, Jucá, Renan, Gleise entre outros. E Sr presidente Temer, o sr também não nos representa! Mudar o Brasil agora não significa afastar apenas a Dilma, mas afastar todos vocês do poder! PT e PMDB se igualam na cretinice, se separam pra se atacar e se juntam qdo querem se proteger da lei. Golpe é uma pinóia. Eu não defendo bandido, nao tenho legenda e nem partido! Golpe é o que todos esses políticos vem impondo a sociedade brasileira a muitos e muitos anos".

Johnny Massaro, ator: "Aos 61 ratos golpistas, meu mais profundo desprezo. Seus nomes mancharão para sempre a história do Brasil. A luta continua: FORA TEMER".

Thiago Fragoso, ator: "Votemos com consciência nas próximas eleições. Pesquisemos sobre os candidatos E os seus VICE's".

Alinne Prado, apresentadora do Vídeo Show: "Me sinto num circo, onde paguei muito caro por ingresso. Mas os artistas fazem um show entre si e costas para o publico. E todos nós da plateia estamos vestidos de palhaços".

Notícias relacionadas