Vida Alheia

Um não, foram 3m: Huck tenta minimizar tragédia com Mariano, diz colunista

Se uma coisa que Fabíola Reipert, colunista de TV e famosos,gosta é de um veneno. E quanto mais veneno sai da boca dos artistas, mais ela tira e espalha. Foi assim com Luciano Huck que caiu nas páginas de Reipert depois de declarar que o sertanejo Mariano caiu de uma altura de 1 metro no seu quadro Saltibum, "mas na verdade foram três". O moço foi parar no hospital, ficou quatro dias na UTI tomando morfina. [Leia mais…]

[Imagem not found]
Foto : Foto reprodução

Por André Teixeira no dia 01 de Novembro de 2016 ⋅ 15:05

Veneno é o que não falta na TV brasileira. E quando não tem veneno, seja novela, noticiário, programas esportivos, tem, o que nós chamamos na Bahia, de migué. E foi isso que o apresentador Luciano Huck fez segundo a colunista de TV e famosos, Fabíola Reipert. Diz ela que "desde que decidiu participar do tal Saltibum (aquele perigoso quadro do Caldeirão do Huck - que não dá segurança aos participantes, pois vivem se machucando), o sertanejo Mariano só de seu mal".

Continua Fabíola: "Ele bateu a cabeça ao saltar de uma altura de três metros na água, foi parar no hospital, levou dez pontos na cabeça, ficou quatro dias na UTI tomando morfina para suportar a dor e ainda rompeu um cisto que tinha no cérebro na hora da queda" e  "Luciano Huck, inicialmente, ficou quietinho, se fez de morto, achando que ia conseguir abafar o caso. A culpa não é do apresentador" afirma. "Mas como ele gosta de passar a imagem de bom moço, fez de tudo para minimizar a tragédia que aconteceu em seu programa".

Segundo Reipert, Huck, depois de tudo isso "teve coragem de dar entrevista dizendo que Mariano caiu de apenas um metro de altura. Mas na verdade foram três..."

 

Notícias relacionadas