Vida Alheia

Marido de Ana Hickmann chama grevistas de \'cornos\' e fala que perdeu R$ 25 mil

O empresário Alexandre Correa, marido da apresentadora Ana Hickmann se manifestou sobre a greve geral dos trabalhadores contra as reformas propostas pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB), nesta sexta-feira (28). Ele contou, em entrevista a Veja, que deixou de ganhar dinheiro com a paralisação. [Leia mais...]

[Marido de Ana Hickmann chama grevistas de \'cornos\' e fala que perdeu R$ 25 mil]
Foto : Reprodução/Instagram

Por Jessica Galvão no dia 28 de Abril de 2017 ⋅ 19:02

O empresário Alexandre Correa, marido da apresentadora Ana Hickmann se manifestou sobre a greve geral dos trabalhadores contra as reformas propostas pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB), nesta sexta-feira (28). Ele contou, em entrevista a Veja, que deixou de ganhar dinheiro com a paralisação.

Segundo Alexandre, ele não conseguiu abrir sua loja porque os funcionários não conseguiram chegar ao local por falta de transporte público. 'Com muita tranquilidade posso dizer que estou deixando de faturar uns 25 mil reais', disse. 'Não sou eu que ganho. Tem impostos também, tem comissão de vendedor e gerente, os meus fornecedores estão apoiados em vendas futuras minhas. É um efeito dominó ao contrário', disse ele em uma publicação no Instagram, onde chamou os grevistas de cornos e mostrou o dedo do meio.

Por conta do desabafo, Alexandre disse que passou a receber diversas críticas na internet. 'Começa com aquele assunto que eu sou branco rico, e não me importo com o próximo. A base do assunto. Elas acham que é preconceito meu. A gente fica aqui trabalhando, pagando imposto e é vítima de uma greve infundada. A greve ela é um direito, mas a partir do momento que ela tira o direito de ir e vir de terceiros, causando prejuízo a terceiros, eu não sei que greve é essa', finaliza.

“Eu, que não tenho nada com o pirulito… tome! As pessoas precisam entender que um país parado em uma sexta-feira inteira é prejuízo. Isso é baderna, é coisa de gente vermelha. Quem tá incitando a fazer greve tá pensando no seu bolso, que ganha fazendo greve”, contou.

'Tem muita gente que ficou ofendida porque chamei manifestante de corno. Manifestante não é corno, é filho da p***. Por que não vai fazer manifestação no dia 1º de maio? Olha aqui, a empresa inteira parada', falou o marido de Ana Hickmann em outro momento. 

 

#semmais

Uma publicação compartilhada por @alewin71 em

Notícias relacionadas