Vida-Alheia

Sandy e Júnior descartam retorno em entrevista juntos: 'A separação nos fez bem'

Os irmãos participaram da estreia do quadro “Linha do Tempo”, no programa "Altas Horas", de Serginho Groisman

[Sandy e Júnior descartam retorno em entrevista juntos: 'A separação nos fez bem']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 28 de Maio de 2018 ⋅ 10:10

Os irmãos Sandy e Júnior deram a primeira entrevista em conjunto após a separação artística da dupla, ocorrida há mais de dez anos. Eles foram a atração de estreia do quadro “Linha do Tempo”, no programa "Altas Horas", de Serginho Groisman.

No papo, eles relembraram o processo que deu fim à parceria que existia desde 1989, quando ainda eram crianças. O primeiro passo para o término ocorreu durante uma reunião de planejamento, disse Júnior: “Sabe aquela cena de filme, que a pessoa começa a falar, você não ouve mais nada, e foi sumindo, sumindo… eu fiquei olhando, tipo: ‘Cara, não. Não é isso mais. Chega’. Olhei pra Sandy e ela tava com a mesma cara que eu”.

“A gente se sentiu igual, ao mesmo tempo”, complementou Sandy. Ela prosseguiu: “Desde esse dia que a gente decidiu terminar a carreira em dupla, demoramos um mês para comunicar as pessoas. A gente queria ter certeza que não era um sentimento passageiro”.

Ao final, Sandy e Júnior deixaram claro que não voltarão a ser a dupla Sandy & Júnior. “Tô muito feliz de estar aqui. Essa oportunidade que não tenho há muitos anos, de dar entrevista ao lado do meu irmão. Por mais que a gente não tenha a intenção de voltar a dupla, a gente é irmão e eu adoro celebrar", disse ela. 

E finalizou: “A separação fez bem pra gente como irmão. A gente acabou ficando mais amigo”. Júnior concorda: “Hoje em dia a gente se encontra e fala de assuntos de família”.

Notícias relacionadas

[Família coloca casa de Arlindo Cruz à venda]
Vida Alheia

Família coloca casa de Arlindo Cruz à venda

Por Metro1 no dia 03 de Setembro de 2019 ⋅ 13:30 em Vida Alheia

O imóvel foi avaliado em R$ 800 mil e está em um condomínio que processou o cantor, no ano passado, por falta de pagamento