Vida Alheia

Após chamar Bolsonaro de 'tenente de merd*', José de Abreu estuda pedir habeas corpus preventivo

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de São Paulo, o ator retorna em breve ao país para trabalhar em novela da globo

[Após chamar Bolsonaro de 'tenente de merd*', José de Abreu estuda pedir habeas corpus preventivo]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 08 de Março de 2019 ⋅ 14:50

José de Abreu se envolveu em mais uma polêmica por motivação política. Após se autoproclamar presidente do Brasil, o ator discutiu com o presidente de fato, Jair Bolsonaro, e sofreu desse uma ameaça de processo. Por isso, o global estuda agora pedir um habeas corpus preventivo antes de retornar ao país hoje (8). As informações são da jornalista Mônica Bergamo, da "Folha de S. Paulo".

Durante a pendenga verbal com o presidente, José de Abreu o chamou de “fascista” e “tenente de m****”. Não é a primeira vez que ele se envolve em briga semelhante. Em 2016, o ator cuspiu em um casal que, segundo ele, o ofendeu ao defender posições políticas distintas das suas. 

Notícias relacionadas