Vida Alheia

Paulo Betti afirma ter sido expulso após tentar filmar culto da Igreja Universal: 'Não querem que revelem o quê?'

“Fui gravar com o celular e quase levei porrada! Por que? Por que é proibido gravar o (argh) Macedo usurpando a palavra de Deus?”, disse o ator

[Paulo Betti afirma ter sido expulso após tentar filmar culto da Igreja Universal: 'Não querem que revelem o quê?']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 24 de Abril de 2019 ⋅ 09:10

Paulo Betti afirma ter sido expulso de um culto da Igreja Universal do Reino de Deus, do bispo Edir Macedo, em Teresina, capital do Piauí. Em vídeo publicado e depois excluído das redes sociais, o ator disse que foi retirado do local por um segurança, que classificou como “brutamontes”, após tentar filmar a cerimônia. “Fui gravar com o celular e quase levei porrada! Por que? Por que é proibido gravar o (argh) Macedo usurpando a palavra de Deus?”, disse.

Betti contou que estava na igreja e os fiéis começaram a assistir a um vídeo do bispo Macedo em um telão. Ele então, segundo o relato, começou a filmar. Daí um segurança se aproximou e informou que era proibido. Indignado, o ator disse: “Eu entro ali na igreja católica e filmo”. Ele diz ainda ter questionado por que não poderia gravar ali. E o segurança teria repetido apenas que não é permitido. 

“Ué, mas onde tá escrito [que não pode filmar]? Me mostra”, pediu o ator, irritado. E o funcionário respondeu: “Tem ali na parede. Vamos ali, vamos filmar ali”. Neste momento, o ator foi embora do templo.

Na discussão, Betti pediu para o segurança “não colocar a mão em sua câmera”. Em seguida, o ator da Globo deixou o local. No desabafo postado na internet ele afirmou: “Fui expulso do ambiente da Igreja Universal por um brutamontes, quase quebrou minha câmera. Não querem que revelem o quê?”.

O fato gerou uma resposta oficial por parte da Igreja Universal, que acusou o ator de “preconceito” e alegou que ele foi “educadamente alertado que não são permitidos registros de imagem no interior dos templos da Universal”. O texto diz ainda que Betti “passou a ofender o pastor que conversava com ele e saiu da Igreja atacando o Bispo Edir Macedo e os fiéis que assistiam à reunião”.

“Ou seja, enquanto reclamava de um desrespeito que teria sofrido, o ator desrespeitava uma proibição que é pública – e está afixada em avisos nas paredes do templo – e ofendia milhões de membros da Universal em todo o Brasil, insultando seu líder espiritual”, completa a nota da igreja.

Notícias relacionadas

['Senta no shallow now': ouça versão da La Furia ]
Vida Alheia

'Senta no shallow now': ouça versão da La Furia 

Por Alexandre Galvão no dia 22 de Maio de 2019 ⋅ 08:12 em Vida Alheia

A música começa romântica, mas logo entra um "rabetão" na composição que já dá indícios do que acontecerá depois: "Senta no shallow now, quica no shallow now"

[Record afasta jornalista do Domingo Espetacular ]
Vida Alheia

Record afasta jornalista do Domingo Espetacular 

Por Metro1 no dia 10 de Maio de 2019 ⋅ 16:32 em Vida Alheia

Em março, a Record fez a primeira movimentação nesse processo com a nomeação do repórter Eduardo Ribeiro para ser um dos apresentadores do programa