Você Repórter

Colégio no Itaigara cerca calçada com piquetes e correntes

Moradores da região reclamam da diminuição do passeio

[Colégio no Itaigara cerca calçada com piquetes e correntes]
Foto : Reprodução

Por Kamille Martinho no dia 05 de Fevereiro de 2019 ⋅ 10:40

Moradores do bairro do Itaigara questionam a atitude tomada pelo Colégio Infantil Gregor Mendel, que cercou uma parte da calçada com piquetes, correntes e cadeados, diminuindo assim, a passagem para os pedestres.

"Dizem que a Transalvador permite essa situação porque aí tem coisa de "gente grande". Absurdo!", desabafa um leitor que não quis se identificar.

Segundo a Sedur, Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo, a área delimitada pelo colégio é privada, e foi cercada para demarcar o estacionamento.

"O uso de piquetes é para delimitar as vagas evitando que os veículos avancem ao passeio. A calçada fica livre, permitindo a passagem de pedestres", informa.

Notícias relacionadas

[Refrescante? Chove dentro do aeroporto de Salvador; veja vídeo]
Você Repórter

Refrescante? Chove dentro do aeroporto de Salvador; veja vídeo

Por Metro1 no dia 05 de Fevereiro de 2019 ⋅ 17:42 em Você Repórter

Segundo assessoria, a causa da “chuva” foi uma folga no acoplamento do sistema de prevenção e combate a incêndio, identificada durante um teste dos equipamentos”