Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia

Governador discute protocolo de volta às aulas e prorroga decreto que suspende shows e aulas

Prorrogação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje (6) e vale até o dia 14 de fevereiro de 2021

[Governador discute protocolo de volta às aulas e prorroga decreto que suspende shows e aulas ]
Foto : Paula Fróes/GOVBA

Por Cristiele França no dia 06 de Fevereiro de 2021 ⋅ 08:33

O governador  Rui Costa, se reuniu ontem (5) com prefeitos baianos para discutir a criação do protocolo de volta às aulas e vacinação de profissionais da educação acima de 55 anos, que fazem parte do grupo de maior vulnerabilidade.  Mesmo após o encontro, ainda não há data para retorno das aulas presenciais no estado e o governo decidiu prorrogar o decreto que suspende shows e aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada em toda a Bahia. A prorrogação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje (6) e vale até o dia 14 de fevereiro de 2021.

A reunião, que também contou com os secretários estaduais e municipais, da saúde e educação, além de membros da União dos Municípios da Bahia (UPB), aconteceu na governadoria. Segundo o governador, para o retorno das atividades escolares é preciso levar em conta as taxas de ocupação de leitos e de mortalidade pela Covid-19. Para isso, o governo, junto às prefeituras, pretende criar um protocolo único para a volta às aulas.

Na ocasião, Rui Costa  solicitou um levantamento dos profissionais da educação acima de 55 anos na Bahia, que fazem parte do grupo de maior vulnerabilidade, para que, possivelmente, eles possam ser incluídos na programação de vacinação.

Também participaram do encontro os secretários estaduais da saúde, Fábio Vilas-Boas, e da Educação, Jerônimo Rodrigues, e o presidente da UPB, Eures Ribeiro, além do prefeito de Salvador, Bruno Reis, acompanhado dos secretários municipais de Saúde e de Educação, Léo Prates e Marcelo Oliveira, respectivamente. Já os prefeitos do interior participaram virtualmente.

Notícias relacionadas