Domingo, 13 de junho de 2021

Bahia

Elinaldo diz que toque de recolher deveria ser imediato em toda a Bahia

Prefeito de Camaçari defende alinhamento com o governador para diminuir os impactos da Covid-19 na Bahia

Elinaldo diz que toque de recolher deveria ser imediato em toda a Bahia

Foto: Metropress

Por: Matheus Simoni no dia 17 de fevereiro de 2021 às 09:29


O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), comentou  o avanço do coronavírus na cidade localizada na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e como o município está se movimentando para minimizar os impactos. Desde o início da pandemia, Camaçari tem 10.185 casos confirmados, 9.041 casos recuperados, 998 casos ativos e 156 óbitos. "Tomamos todas as nossas providências necessárias ao combate à Covid-19. Primeiro buscando nos colocar à disposição do governador e do secretário Fábio Vilas-Boas. Unificamos a região metropolitana para tomar medidas em conjunto, onde mais uma vez me coloco à disposição do governador", disse o prefeito, em entrevista a Mário Kertész hoje (17), durante o Jornal da Bahia no Ar da Rádio Metrópole.

Elinaldo fez um apelo ao governador para tentar uma audiência com o objetivo de discutir alternativas para que Camaçari se defenda da doença. "Tenho buscado uma agenda com o governador para falar do combate à Covid-19 e sobre essa ausência da Ford em nosso município. Entendo a dificuldade da agenda do governador porque eu sou prefeito também e tenho uma agenda extensa. Está marcada para o dia 22 e 24, mas com o avanço dos casos e a maioria na RMS, eu como o prefeito de Salvador peço essa audiência e tentar antecipar essa reunião. O foco especial era a Ford, mas eu acho que nesse momento é o combate à Covid-19", afirmou o gestor municipal.

Elinaldo Araújo afirmou ainda que o toque de recolher anunciado pelo governador Rui Costa deveria ter validade imediata. O objetivo, segundo o prefeito, é impedir o avanço de casos de Covid-19 na cidade. "Em novembro o Covid tinha diminuído em toda a Bahia, mas nesse momento precisamos mais uma vez unificar e esquecer as bandeiras partidárias e focar. Estou muito preocupado nesse momento. Algumas falas desnecessárias. Ontem vi o governador falar que a partir de sexta-feira decretou toque de recolher das 22h às 5h da manhã. No meu ponto de vista, tem que ser uma medida mais dura, de imediato, pelo momento que vive a Bahia. Não diria nem entrando, está em colapso da saúde. Aqui em nosso município, ontem de noite, tínhamos 29 pessoas na tela precisando de leitos para regulação. Nossos 10 leitos exclusivos do municípios já estavam ocupados", declarou. 

TV METRO

Entrevistas

Ana Cristina Batalha

Em 11 de junho de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Elinaldo diz que toque de recolher deveria ser imediato em toda a Bahia - Metro 1