Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia

Rui Costa afirma que os leitos da Fonte Nova são a única reserva do estado

O governador espera não ter que abri-los porque, depois, não haverá mais e, assim, o sistema de saúde do estado entrará em colapso

[Rui Costa afirma que os leitos da Fonte Nova são a única reserva do estado]
Foto : Divulgação/GOVBA

Por Adele Robichez no dia 17 de Fevereiro de 2021 ⋅ 12:00

O governador da Bahia Rui Costa (PT) informou hoje (17) que todos os leitos da rede estadual de saúde e os que foram contratados pelo governo do estado junto à rede privada já foram abertos para o tratamento de pacientes com a Covid-19, exceto os da Fonte Nova.

"Todos os leitos contratados pelo estado, seja na iniciativa privada ou da rede direta já foram reabertos, exceto os da Fonte Nova", anunciou o gestor. Segundo ele, os equipamentos do hospital de campanha retirado do estádio são "a única reserva que temos de leitos a abrir nos próximos dias, caso a situação se deteriore".

Rui disse que espera não ter que abrir os últimos leitos disponíveis porque, depois, não haverá mais e, assim, o sistema de saúde do estado entrará em colapso. "Caso seja necessário, será reaberto", afirmou o governador, sobre o posto na Fonte Nova. "Mas é isso que queremos evitar, porque na hora que você tem que 'lançar mão' da última reserva que você tem, do último estoque de leitos, significa que depois disso não há o que fazer: é recusar paciente e ver a a fila de ambulância se acumular nas portas das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e dos hospitais e famílias gritando desesperadas. É essa cena que nós estamos procurando evitar", completou.

O governador reforçou que a unidade que existia no Wet'n Wild, na Paralela, em Salvador, é de responsabilidade da prefeitura da capital. Ontem (16), a médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Luana Franco Bordoni, questionou as autoridades sobre os postos desativados. "Cadê os leitos que existiam antes das eleições? Cadê o Wet? Cadê a Fonte Nova? Cadê todos aqueles leitos que foram formados de uma maneira tão rápida?", cobrou.

Notícias relacionadas