Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia

Sesab culpa Bolsa de Valores por atraso no acordo com parceiro privado para abertura do Hospital Metropolitano

Com saúde em pré-colapso, unidade com 265 leitos ainda não está aberta

[Sesab culpa Bolsa de Valores por atraso no acordo com parceiro privado para abertura do Hospital Metropolitano]
Foto : Leonardo Rattes/GOVBA

Por Luciana Freire no dia 24 de Fevereiro de 2021 ⋅ 17:19

O Hospital Metropolitano, situado em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, já está com as obras concluídas, e tinha como plano ser inaugurado no primeiro trimestre deste ano. No entanto, o leilão na Bolsa de Valores (B3), previsto para janeiro, foi adiado para março. Com saúde em pré-colapso no estado, a abertura da unidade com 265 leitos iniciais ainda tem data incerta.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), o procedimento não depende unicamente da secretaria, mas também da disponibilidade da parceira privada para a realização da concorrência. Em janeiro, o Hospital Israelita Albert Einstein demonstrou interesse na administração.

O Hospital Metropolitano será a quarta Parceria Público-Privada (PPP) na área da saúde na Bahia e a maior unidade de atendimento hospitalar do Brasil nesta modalidade.

A Bahia vive atualmente o seu pior momento desde o início da pandemia, com recorde de pessoas internadas pelo quinto dia consecutivo. De acordo com dados da Sesab, a taxa de ocupação de leitos de UTI adulto no estado é 82%.

Notícias relacionadas