Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia

Aeródromo de Cocos é reclassificado como privado e ampliará estrutura

Operações, interrompidas desde o início de fevereiro, foram retomadas na última terça-feira (9)

[Aeródromo de Cocos é reclassificado como privado e ampliará estrutura]
Foto : Reprodução/Setur

Por Metro1 no dia 11 de Março de 2021 ⋅ 19:00

O aeródromo do município de Cocos, na região Oeste da Bahia, teve sua classificação mudada de público para privado pela  Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Com 1.200 metros de comprimento de pista asfaltada e 12 metros de largura, o equipamento é uma importante via de acesso à região, que, além do agronegócio, pretende investir no turismo como base da economia.

O secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, intermediou o processo que culminou com a classificação do aeródromo como equipamento privado e que já havia contribuído para a recategorização do aeródromo de Una, no sul do estado, junto à agência reguladora. A participação do secretário foi importante também para que o aeródromo retomasse suas operações já na última terça-feira (9), interrompidas desde o início de fevereiro, num momento em que são imprescindíveis por causa da pandemia e da vacinação, já que o município fica distante dos grandes centros.

"A região de Cocos possui grande potencial turístico, mas requer um plano de ações para que os visitantes possam conhecer com mais comodidade suas belezas naturais, parque e rios", afirma o secretário.

Notícias relacionadas