Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia

Operação Última Barreira: PF deflagra ação contra fraudes no Auxílio Emergencial em Luís Eduardo Magalhães

Iniciadas em 2020, as apurações apontam que os investigados cadastraram no aplicativo 'Caixa Tem' pelo menos 45 contas em nome de terceiros para recebimento do Auxílio Emergencial de forma fraudulenta

[Operação Última Barreira: PF deflagra ação contra fraudes no Auxílio Emergencial em Luís Eduardo Magalhães]
Foto : Reprodução

Por Kamille Martinho no dia 08 de Abril de 2021 ⋅ 08:03

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (8) a Operação Última Barreira, que visa à repressão de fraudes no Auxílio Emergencial. Mandados de busca e apreensão são cumpridos na cidade de Luís Eduardo Magalhães, extremo oeste baiano. 

A ação, com foco na atuação de grupos, associações ou organizações criminosas e na desarticulação de fraudes estruturadas na região do oeste baiano, conta com a participação do Ministério Público Federal (MPF), do Ministério da Cidadania (MCid), da CAIXA, da Receita Federal (RF), da Controladoria Geral da União (CGU) e do Tribunal de Contas da União (TCU).

Iniciadas em 2020, as apurações apontam que os investigados cadastraram no aplicativo 'Caixa Tem' pelo menos 45 contas em nome de terceiros para recebimento do Auxílio Emergencial de forma fraudulenta. Prejuízo já supera 27 mil reais.

Os responsáveis pelas condutas delitivas investigadas responderão pela prática dos crimes de estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa. 

Notícias relacionadas