Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Bahia

STJ decide manter prisão de investigados na Operação Faroeste

Decisão atinge desembargadora e juiz e advogados

STJ decide manter prisão de investigados na Operação Faroeste

Foto: Divulgação

Por: Gabriel Amorim no dia 25 de maio de 2021 às 17:00

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve as prisões preventivas da desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), Maria do Socorro Barreto Santiago, e do juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio. Os dois são investigados por esquema de venda de sentenças na Operação Faroeste.

A decisão também determina a manutenção da prisão dos advogados Adailton Maturino dos Santos, Geciane Souza Maturino dos Santos, Márcio Duarte Miranda e Antônio Roque Do Nascimento Neves, que também são suspeitos de envolvimento nos mesmos esquemas investigados na operação.

A decisão é assinada pelo relator do processo, o ministro Og Fernandes, após provocação do Ministério Público Federal. Na decisão, o ministro afirmou que a essa é a "única medida necessária e adequada para garantir a ordem pública, a conveniência da instrução criminal e a aplicação da lei penal"

.

STJ decide manter prisão de investigados na Operação Faroeste - Metro 1