Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Bahia

Movimento é contra o asfalto e não contra pavimentação do Capão, diz morador

Prefeitura de Palmeiras e associação realizaram uma reunião para chegar a um consenso sobre a melhor forma de pavimentação

Movimento é contra o asfalto e não contra pavimentação do Capão, diz morador

Foto: Reprodução

Por: Geovana Oliveira no dia 05 de agosto de 2021 às 18:13

"Eu não sou contra a pavimentação. Eu sou completamente contra o asfalto", diz o morador do Vale do Capão, Vitor Argolo, de 27 anos. O cabeleireiro e dreadmaker, que mora no povoado há onze meses, conta que a ideia é uma pavimentação feita de forma que proteja os rios, árvores e animais. 

"A pavimentação é necessária, já passou da hora", afirma. No entanto, ele, como muitos moradores do povoado, têm medo do resultado do projeto. "Um resultado ruim vai precisar de reparos constantes. E ainda se cogita um pedágio pra acessar a cidade... Que torna tudo ainda num buraco mais embaixo, de uma gentrificação acelerada desse lugar (e isso já tá rápido!)", diz. 

Por conta da dissonância entre as opiniões, na última terça-feira (3), a Prefeitura de Palmeiras e a Associação dos Comerciantes do Vale do Capão (Acomtuv) realizaram uma reunião para chegar a um consenso sobre a melhor forma de pavimentação para a Estrada que liga o povoado à sede do município de Palmeiras. Foi escolhida uma pavimentação mista — asfalto e paralelepípedos ou medidas alternativas. 

Alguns, como Vitor, continuam reticentes. Enquanto outros moradores, como o agricultor Carlos Formiga, de 62 anos, nativo da região, defendem a nova estrada. O medo do agricultor, no entanto, é perder a verba que está sendo disponibilizada pelo governo da Bahia para a estrada por causa de pessoas contrárias à pavimentação.

Movimento é contra o asfalto e não contra pavimentação do Capão, diz morador - Metro 1