Sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Bahia

Laboratório central registra primeiros três casos de variante delta na Bahia

Sesab fará testes nos locais onde cepa foi identificada para tentar controlar aumento de casos

Laboratório central registra primeiros três casos de variante delta na Bahia

Foto: Robson Valverde

Por: Adele Robichez no dia 26 de agosto de 2021 às 18:57

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou, nesta quinta-feira (26), os primeiros casos da variante delta da Covid-19, surgida na Índia, na Bahia. Além disso, uma amostra da beta, cepa identificada inicialmente na África do Sul, também foi verificada. 
 
Diante da confirmação dos casos, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), afirmou que fará, como medida de contenção, o rastreamento por meio de teste de antígeno e RT-PCR nas regiões onde foram detectadas as variantes. Não foi divulgada a informação das localidades onde as variantes foram identificadas.
 
A secretária interina da Sesab, Tereza Paim, demonstrou preocupação com a chegada da mutação no estado. “É preciso que os municípios acelerem a vacinação para impedir o avanço de novas cepas, bem como manter o distanciamento social, higienizar frequentemente as mãos e continuar usando máscara”, ressaltou.

Segundo especialistas, a variante delta é mais transmissível do que a cepa original do coronavírus. Em diversos países, a mutação se tornou dominante rapidamente e regrediu os progressos sanitários atingidos. No Brasil, o Rio de Janeiro sofre com uma possível nova onda da pandemia, com a transmissão da delta, responsável pelo aumento de casos na cidade.

Laboratório central registra primeiros três casos de variante delta na Bahia - Metro 1