Segunda-feira, 26 de julho de 2021

Bahia

Mortes registradas na Bahia por chikungunya ocorreram em Jaguarari e Itiúba

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou, neste sábado (16), que as duas mortes por chikungunya na Bahia, em 2015, ocorreram nas cidades de Jaguarari e Itiúba, localizadas no norte do estado. Os dois casos tiveram confirmação laboratorial para a doença. [Leia mais...]

Mortes registradas na Bahia por chikungunya ocorreram em Jaguarari e Itiúba

Foto: Reprodução / SMS-RJ

Por: Paloma Andrade no dia 16 de janeiro de 2016 às 13:28

 A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou, neste sábado (16), que as duas mortes por chikungunya na Bahia, em 2015, ocorreram nas cidades de Jaguarari e Itiúba, localizadas no norte do estado. Os dois casos tiveram confirmação laboratorial para a doença. A Secretaria de Saúde do município de Itiúba chegou a considerar surto de chikungunya e zika vírus, em outubro do ano passado, quando 65% da cidade apresentou sintomas da doença. Entre agosto e outubro do mesmo ano, foram notificados 300 casos de zika e 175 de chikungunya.

De acordo com o relatório epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado na última sexta-feira (15), uma terceira pessoa também foi vítima da doença, mas no estado de Sergipe. Em todos os casos as pessoas eram idosas, com idade entre 75 e 85 anos, e com histórico de doenças crônicas, conforme o relatório. Ainda de acordo com o relatório, o Nordeste ficou em segundo lugar no número de notificações de zika e chikungunya, com 311.519 casos, atrás apenas da região sudeste, que teve 1.026.226 registros. 

Mortes registradas na Bahia por chikungunya ocorreram em Jaguarari e Itiúba - Metro 1