Domingo, 03 de julho de 2022

Bahia

Mais de 4 mil pessoas foram vacinadas com doses interditadas pela Anvisa

A aplicação dessas doses não causa riscos à saúde

Mais de 4 mil pessoas foram vacinadas com doses interditadas pela Anvisa

Foto: Agência Brasil

Por: Cristiele França no dia 25 de setembro de 2021 às 09:31

Cerca de 4.161 pessoas foram imunizadas na Bahia com doses da CoronaVac, vacina contra Covid-19, interditadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no início deste mês, segundo informações da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Desse total, 2.325 imunizantes foram aplicados em Salvador. A aplicação dessas doses não causa riscos à saúde.

De acordo com a Sesab, a Bahia recebeu três lotes com as vacinas interditadas entre 27 de julho e 1º de setembro. Cerca de 575.980 doses foram distribuídas em 294 municípios. Desse total, 234.380 chegaram aos pontos de vacinação. Os quantitativos referem-se aos lotes 202107101H, 202107102H e L202106038.

No dia 3 de setembro, a Anvisa foi informada pelo Instituto Butantan que o laboratório chinês que produz a CoronaVac havia envasado lotes do imunizante em uma fábrica não inspecionada pela agência. No dia seguinte, a Anvisa determinou a interdição de 25 lotes que já estavam distribuídos pelo país e a Bahia suspendeu a distribuição e uso de três lotes da CoronaVac.

Na última quarta-feira (22), a Anvisa determinou o recolhimento de lotes interditados do imunizante que foram envasados em local não inspecionado pela agência. Já o Instituto Butantan afirmou que substituiu os lotes da vacina interditada por doses envasadas no Brasil.

Mais de 4 mil pessoas foram vacinadas com doses interditadas pela Anvisa - Metro 1