Terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Bahia

Em primeira Black Friday com shoppings reabertos, comércio planeja 5% a mais de lucro que em 2020

Setor espera que data movimente R$ 150 milhões nos shoppings baianos

Em primeira Black Friday com shoppings reabertos, comércio planeja 5% a mais de lucro que em 2020

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Por: Gabriel Amorim no dia 29 de novembro de 2021 às 11:22

A data oficial da Black Friday foi a última sexta-feira (26) mas o aquecimento no comércio ainda deve durar pelo menos mais alguns dias. É que muitas das lojas escolhem esticar os preços promocionais até o final de novembro na esperança de atrair ainda mais clientes. A expectativa é que a data movimente cerca de R$ 150 milhões apenas nos shoppings do estado.

Em entrevista ao Metro1, o presidente da  Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce) na Bahia, Edson Piaggio, afirmou que a expectativa é de que o crescimento seja de 5% em comparação a mesma data em 2020, quando os shoppings ainda estavam fechados e as compras eram feitas por meio de delivery e drive-thru   

Apesar do crescimento, os números ainda não atingem o patamar que alcançaram antes da pandemia. “Em 2019 tivemos um crescimento muito grande, então o patamar de comparação é alto, e por isso esse ano não devemos crescer tanto se compararmos com antes da pandemia”. Segundo os dados da associação, o crescimento de 2019 em comparação com 2018 foi de cerca de 18%. Agora, no comparativo 2021-2019, o aumento não deve passar de 3%.

Ainda segundo Piaggio, os números desta edição da data promocional só serão conhecidos nos primeiros dias de dezembro, justamente por conta da esticada promovida pela maioria dos lojistas, que levam a promoção até o final do mês.
 

Em primeira Black Friday com shoppings reabertos, comércio planeja 5% a mais de lucro que em 2020 - Metro 1