Bahia

Polícia Militar mata homem que mantinha reféns em Pindorama

O homem que mantinha duas pessoas reféns no distrito de Pindorama, em Porto Seguro, região sul da Bahia, foi morto a tiros pela Polícia Militar na última terça-feira (26). [Leia mais...]

[Polícia Militar mata homem que mantinha reféns em Pindorama]
Foto : Reprodução/Radar64

Por Gabriel Nascimento no dia 27 de Janeiro de 2016 ⋅ 11:32

O homem que mantinha duas pessoas reféns no distrito de Pindorama, em Porto Seguro, região sul da Bahia, foi morto a tiros pela Polícia Militar na última terça-feira (26). A ação aconteceu porque as negociações para a liberação dos reféns não avançaram. A mulher e a criança ficaram por cerca de cinco horas com o criminoso e não se feriram durante o resgate.

Na manhã da última terça-feira (26), policias do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizaram uma operação para prender Marvison Paula Gomes, conhecido como “Marvinho”, procurado por homicídios e tráfico de drogas na região sul. Com a chegada da polícia, o suspeito se escondeu em uma residência e manteve uma mulher e o filho de quatro anos como reféns.

De acordo com a polícia, o insucesso nas negociações e as ameaças de morte por parte do suspeito fizeram com que os policiais invadissem o local. O bandido chegou a ser socorrido mas chegou sem vida ao hospital. Em represália a ação da polícia, moradores de Pindorama incendiaram um ônibus e bloquearam a BR-367. Segundo o 8° BPM, os protestos aconteceram por ordem de “Marvinho”, que teria ordenado aos comparsas que incendiassem veículos e provocassem tumulto para dificultar a prisão.

Notícias relacionadas

[Uefs: conversa com secretário vai definir reitor]
Bahia

Uefs: conversa com secretário vai definir reitor

Por Matheus Simoni e Alexandre Galvão no dia 20 de Maio de 2019 ⋅ 15:00 em Bahia

Também será definido o próximo desembargador, através de um nome que integra a lista tríplice do quinto constitucional para a vaga no Tribunal de Justiça da Bahia