Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 17 de abril de 2024

Bahia

Após fala de Bolsonaro sobre liberação de máscaras na Bahia, Rui rebate que "não devemos nos precipitar"

Na semana passada, governador havia dito que retirada de obrigatoriedade de uso de equipamento poderia acontecer ainda em abril

Após fala de Bolsonaro sobre liberação de máscaras na Bahia, Rui rebate que "não devemos nos precipitar"

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Por: Metro1 no dia 17 de março de 2022 às 16:45

O governador Rui Costa (PT) afirmou, nesta quinta-feira (17), que a situação epidemiológica do coronavírus na Bahia ainda não permite a liberação do uso de máscara e avaliou a medida, adotada em outros estados e em algumas cidades baianas, como precipitada neste momento. A declaração foi feita após o presidente Jair Bolsonaro (PL), em visita a Salvador nesta quarta (18), falar que, até o final do mês, os baianos "vão ficar livres da máscara".

"Estamos monitorando o número de caso ativos de coronavírus na Bahia e não devemos nos precipitar na liberação do uso de máscaras. Nos causa preocupação a alta de casos em alguns países europeus devido à nova variante. Para salvar vidas humanas é preciso ter cautela", escreveu Rui nas suas redes sociais.

Na semana passada, o governador havia dito que a retirada da obrigatoriedade do uso do equipamento de proteção facial poderia acontecer ainda em abril. Na ocasião, porém, ele ainda pediu cautela e atrelou a possibilidade de liberação no estado à avaliação dos indicadores da pandemia. Rui Costa também criticou a gestão das cidades baianas que flexibilizaram o suo de máscaras.